sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

LIGA FEMININA | OLIVAIS COIMBRA X UNIÃO SPORTIVA

Noite de estreias na LBF



Hoje (23/02) às 20h00, a equipe de Blumenau recebe o Sampaio Basquete na abertura da nova rodada da LBF CAIXA. 

Os técnicos das duas equipes terão à disposição reforços internacionais. Pelo lado da equipe maranhense, a pivô chinela Ziomara Morrison, conhecida do público brasileiro,  estará à disposição do técnico Virgil. A equipe da casa poderá contar com a ala venezuelana Waleska Perez (24 anos e 179m), segunda cestinha da Venezuela na Americup (21 pontos na partida contra o Brasil).

Essa será a única partida da noite de sexta-feira. No sábado, as meninas de São Bernardo enfrentam o líder invicto Vera Cruz às 17h00 e Venceslau recebe o Ituano às 19h00. As três partidas terão transmissão ao vivo pela LBF LIVE. No domingo, o jogo da Tv Gazeta será Blumenau x Uninassau, sempre às 15h00.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Programa Fora da Quadra - Entrevista com Tayná (SBC)


Ramona e Izabella vencem na rodada da Segunda Divisão Espanhola

Na Segunda Divisão Espanhola, o cenário pouco tem mudado.

Apesar de excelentes atuações individuais de Izabella Sangalli, seu time não decola no grupo A.

Na vitória sobre o Barça (59-67), Izabella teve 14 pontos e 7 rebotes. Mas foi apenas o sexto triunfo em 19 jogos, o que mantém o clube na décima primeira colocação.

É torcer para que as boas atuações da ala lhe garantam um clube com maior poder de força na temporada seguinte.

No grupo B, o time de Ramona (Valencia) derrubou o invicto Canaria na última rodada (82-74).

A brasileira brilhou com 20 pontos, 5 rebotes e 5 assistências.

O clube segue em terceiro lugar, mas com um jogo a menos que o segundo colocado.

Nádia com (muito) moral na Espanha



Na Primeira Divisão Espanhola, os times das brasileiras seguem líderes da temporada regular.

O Avenida, de Érika, venceu o Araski (49-72) com 8 pontos e 6 rebotes da pivô. O time é líder com apenas uma derrota em vinte compromissos.

O Girona, de Nádia, é o vice-líder com duas derrotas a mais. Na vitória sobre o Gipuzkoa (80-69), a brasileira teve 17 pontos e 7 rebotes.

A excelente fase de Nádia produziu na última semana um efeito pouco comum no mercado feminino: a pivô teve anunciada a renovação de seu contrato por mais uma temporada no clube.

A nova façanha de Tainá em Portugal


Bastante à vontade em sua primeira experiência fora do Brasil, a armadora Tainá adicionou mais um feito na sua já pródiga passagem pelo clube português Olivais.

No último domingo, a brasileira foi um dos motores da queda da invencibilidade do União Sportiva na Liga Portuguesa.

Na vitória por 58 a 50, Tainá teve 23 pontos, 7 rebotes, 7 recuperações de bola e 3 assistências.

Do lado derrotado, Raphaella Monteiro teve 12 pontos e 10 rebotes. Letícia não atuou.

O União segue líder. O Olivais é sétimo.

Ziomara Morrison já treina com o Sampaio


Liga de Basquete Feminino lança o programa LBF nas Escolas

Link: aqui!

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Sorteio dos grupos do Mundial 2018


Seletiva São José Basketball Sub-17 e Sub-19 Feminina

O São José Basketball está selecionando garotas nascidas em 1999, 2000 e 2001 para formação de suas equipes Sub-17 e Sub-19 de basquete.

Dia: 16 de fevereiro de 2018 (sexta-feira)
Horário: 19h40
Local: Ginásio Municipal Cidade Jardim
Rua Itambé, 71 - Cidade Jardim
São José dos Campos - SP

Observação: As atletas devem comparecer com roupas apropriadas para a prática esportiva e munidas de RG e atestado médico atual.

Definidas as equipes participantes dos Campeonatos Paulistas Femininos de Base

Na tarde desta terça-feira (06 de fevereiro), na sede da Federação Paulista de Basketball foi realizado o Congresso Técnico dos Campeonatos Paulistas Metropolitanos Sub-13 e Sub-14 e Estaduais Sub-15, Sub-17 e Sub-19 Femininos. Na reunião foram definidas a forma e o sistema de disputa da competição, além também de ser decidido que a partir da temporada de 2018, os clubes terão que usar o logo da FPB na parte da frente de suas camisetas.

Metropolitano Sub-13 
A.D.C. Bradesco, Associação Realizar (Praia Grande), Basketball Santo André/APABA, São José Desportivo e SESI-SP.

Metropolitano Sub-14
A.D. Centro Olímpico, A.D.C. Bradesco, Basketball Santo André/APABA, Casa do Garoto/Tupã Basquete e SESI-SP.

Estadual Sub-15 
A.D. Centro Olímpico, A.D.C. Bradesco, Associação Realizar (Praia Grande), São Bernardo/AFP, São José Desportivo e SELT Taubaté/LBCP.

Estadual Sub-17 
APAGE Bask/FIG/Guarulhos, APAB/Barretos, A.D.C. Bradesco, Associação Realizar (Praia Grande), Basketball Santo André/APABA, Casa do Garoto/Tupã Basquete, LBCP/Pindamonhangaba, São Bernardo/AFP, São José Desportivo e A.D. Centro Olímpico.

Estadual Sub-19 
APAGE Bask/FIG/Guarulhos, A.D.C. Bradesco, Associação Realizar (Praia Grande), Basketball Santo André/APABA e São José Desportivo.

FPB estuda possibilidade de realizar uma Copa com novas equipes do feminino




O Campeonato Paulista da Divisão Especial Feminina da Série A-1 pode ter novidades na temporada 2018. No Congresso Técnico realizado na tarde desta terça-feira (6), na sede da Federação Paulista de Basketball (FPB), novas equipes estão anunciando seus respectivos retornos à elite da modalidade: Bradesco/Osasco, Sorocaba e Araraquara estão anunciando às suas inscrições. Com a possibilidade ainda a presenças de mais duas equipes.

Com o intuito de colocar as novas equipes em evidência, o presidente da FPB, Enyo Correia só aguarda às confirmações para anunciar a Copa FPB, que será disputada em dois meses no primeiro semestre, homenageando, inclusive uma grande jogadora do passado, dando o nome do troféu ao vencedor.

“Estamos esperançosos que todas essas novas equipes possam disputar nossos campeonatos. Todas elas pediram um prazo para confirmarem suas inscrições. E logo que tivermos os nomes, vamos anunciar o nome da Copa”, afirmou o presidente da FPB, Enyo Correia. O Campeonato Estadual será disputado no segundo semestre, depois da LBF.

Márcio Antônio da Silva, o Marcinho, ex-armador e atual presidente da Associação Desportiva Pró-Esporte, de Sorocaba, está otimista quanto ao retorno de Sorocaba ao basquete feminino. “A cidade tem uma tradição muito grande. Tem um histórico rico em basquete feminino, porém desde 1994 não tem participado. Agora estamos buscando apoio para voltarmos”, afirmou Marcinho.

“Inicialmente vamos ter uma equipe jovem, com jogadores sub-20 e sub-22, onde disputaremos os Jogos Regionais e os Jogos Abertos. Depois, com certeza para o segundo semestre, no Estadual, vamos buscar alguns reforços. Pelo menos quatro jogadoras experientes para dar uma base ao elenco”, adiantaMarcinho, que também será o treinador da equipe sorocabana.

A campeã mundial e medalhista olímpica Rosely Gustavo é a gestora do time de Araraquara. Ela está muito otimista que irá conseguir inscrever e participar dos campeonatos da FPB. “Vamos dar nossa resposta até o dia 25. Queremos fazer o basquete feminino adulto porque não podemos interromper o sonho de muitas meninas que estão atuando na nossa base”, afirmou Rosely.

Foto: Divulgação/FPB (Braz Haro - diretor da FPB, Plínio Bortoleto e Márcio Antônio da Silva - Sorocaba, André Carrascoza e Rosely Gustavo - Araraquara, Enyo Correia - Presidente da FPB, Márcio Belliciéri - técnico São Bernardo, Vivian Gitti - Santo André e Régis Moreira - Guarulhos).

Fonte: www.fpb.com.br

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Nádia avança na EuroCopa, Clarissa é eliminada



O Girona, de Nádia, voltou a vencer o Virtus pelas oitavas da EuroCopa. Fora de casa, fez 78-72 com ótima performance da brasileira (18 pontos, 8 rebotes), classificando-se para as quartas-de-final da competição.

Nessa próxima fase, no entanto, a corda aperta ainda um pouco mais.

O cruzamento será com o turco Galatasaray, que não se classificou para as quartas-de-final da Euroliga, terminando na quinta posição do grupo A. Mas tem um time com nomes como a americana Kaela Davis, a americana naturalizada húngara Allie Quigley, a montenegrina Jelena Dublevic, a francesa Epoupa, a polonesa Ewelina Kobryn e a lituana Gintare Petronyte.

Por esse mesmo detalhe do regulamento, o Avenida, de Érika, que acabou na quinta posição do Grupo B da EuroLiga também segue para as quartas da EuroCopa, contra o russo Nadezhda.


Os confrontos se iniciam apenas no dia primeiro de março.



Já o Carolo, de Clarissa, não conseguiu se classificar para a festa. O time volltou a perder para o turco Mersin (86-84). Bem marcada, a brasileira teve apenas um arremesso e dois lances-livres em 25' de jogo. Acertou todos, somando 4 pontos e 5 rebotes.

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Time de Raphaella Marciano bate o de Raphaella Monteiro e Letícia na final da Taça da Federação



Líder invicto da Liga Portuguesa, o time do União Sportiva não tem conseguido repetir o mesmo desempenho nas decisões da temporada.

Depois da derrota na final da Taça Victor Hugo, o clube caiu novamente nesse fim de semana.

Foi na decisão da Taça da Federação, que registrou vitória do Quinta dos Lombos por 47 a 44.

Apesar de derrotada, Raphaella Monteiro foi eleita MVP, com 19 pontos e 7 rebotes (em 40'). Sua colega Letícia marcou 11 pontos e 7 rebotes (em 35').

No Lombos, Raphaella Marciano (a Rafona) teve 2 pontos e 1 rebote em 15'.

Clarissa encera decisão por playoffs da EuroCup de basquete Feminino



Na próxima 5ª feira, dia 1º de fevereiro, Clarissa dos Santos e o Flammes Carolo Charleville, irão enfrentar o turco, Mersin, em busca de uma vaga nas quartas de final da EuroCup de Basquete feminino. A partida será na França, casa do Flammes Carolo, a partir das 17h, horário de Brasília. Para seguir na competição, o time da brasileira precisa vencer a partida por 10 pontos de diferença. Isto porque, no primeiro confronto, na Turquia, na última quarta feira (24/01), o Mersin venceu por 80 a 71.

- Agora vamos jogar em casa e buscar uma vitória, se Deus quiser. Estamos trabalhando bastante para acertar os detalhes e executar nosso objetivo da melhor forma possível. Nesta fase são dois jogos para definir quem vai passar. Perdemos o primeiro por nove pontos, em um partida bem difícil, contra um adversário forte, mas não foi um jogo ruim para nós, foi definido nos detalhes – comentou Clarissa dos Santos.

Na partida passada, Clarissa foi um dos destaques da partida e registrou mais um duplo-duplo, quinto na competição, com 18 pontos e 15 rebotes. Em 37 minutos de atuação, a brasileira ainda somou 26 pontos de eficiência.

Clarissa tem média de 14,9 pontos, 17,3 rebotes e 22,4 pontos de eficiência, por jogo, aparecendo no “top 5”, em três quesitos nas estatísticas – rebote, eficiência e duplo-duplos, na competição europeia. O Flammes Carolo tem nove jogos e soma oito vitórias.


Destaque na Liga Francesa


No último domingo, 28/01, pela liga francesa, a equipe de Charleville levou a melhor sobre o Saint-Amand Hainaut e venceu por 75 a 74. Clarissa foi a cestinha da partida, com 21 pontos e ainda recuperou 16 rebotes, em mais um duplo- duplo.

- Já esperávamos que seria um jogo difícil, na casa do adversário, e realmente foi. Era muito importante a vitória para seguirmos o campeonato em uma boa colocação e felizmente conquistamos – finalizou Clarissa.

Após a partida, Clarissa foi destaque no site da competição. Veja aqui.

Na liga da França o time da brasileira está na terceira colocação, com 22 pontos, após a 13ª rodada da fase inicial. A competição terá uma pausa, para a realização de compromissos locais, e retorna no final de fevereiro. 

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

A jogadora Z


Ziomara Morrison, a chilena recém-contratada pelo Sampaio tem uma trajetória sólida no basquete europeu e uma discreta passagem pela WNBA.

No ano passado, esteve a serviço do tradicional clube polonês Wisla, com boa produção.

Encerrada a temporada, a trajetória foi algo confusa.

Retornou ao turco Osmaniye, clube no qual fez excelente temporada há 2 anos, mas abandonou o time após três jogos da Liga. Voltou ao Chile e vinha treinando por conta própria. 


No final do ano, foi parar no basquete da Islândia.

Na última semana, chegou a Dubai, onde disputará um torneio por um clube local durante essa semana.

Por essas razões, é provável que Morrison não se apresente na melhor forma. Mas certamente trata-se de uma contratação certeira do clube maranhense, que tende a dar mais equilíbrio ao time e maior força onde o seu principal oponente na LBF (o Vera Cruz/Campinas) tem uma de suas fragilidades.

sábado, 27 de janeiro de 2018

Sorocaba anuncia retorno do basquete feminino ao Campeonato Paulista 2018


O presidente da Federação Paulista de Basketball, Enyo Correia, esteve nesta quinta-feira (25), na cidade de Sorocaba para ter uma importante reunião com o Secretário de Esportes da cidade, Simei Fernando Lamarca, juntamente com o presidente da Associação Desportiva Pró-Esporte, Márcio Antônio da Silva, o Marcinho. O principal assunto foi o basquete feminino. E para a alegria dos amantes, a cidade de Sorocaba já irá retornar nesta temporada de 2018, com equipe adulta feminino e posteriormente com a base.

Para o presidente da FPB, Sorocaba que já tem uma ótima equipe no masculino, sob o comando de Rinaldo Rodrigues, retornar às tradições no feminino, será muito importante para a cidade e região.

“Foi uma reunião muito proveitosa para o basquete de Sorocaba. A Prefeitura está apoiando e a cidade já terá basquete nesta próxima temporada porque o projeto é bom e será duradouro, inclusive com montagem de equipes de base. Fiquei muito feliz e a Federação Paulista vai apoiar no que estiver ao seu alcance para que Sorocaba, de tantas tradições, retorne ao cenário nacional”, afirmou Enyo Correia.

Fonte: FPB

Sampaio Basquete anuncia a contratação da pivô chilena Ziomara Morrison para a LBF

O Sampaio Basquete anunciou através das suas redes sociais a sua última - e misteriosa - contratação: trata-se da ótima pivô chilena Ziomara Morrison, com passagens pelo basquete europeu e WNBA.

A previsão é que a pivô desembarque em São Luís na segunda semana de fevereiro.

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

São Bernardo UNIP 77 x 69 POTY BAX Catanduva - Liga de Basquete Feminino...

UNINASSAU Basquete vence primeira na LBF 2018



A UNINASSAU Basquete entrou em quadra na noite da última terça-feira (23), no Ginásio Wilson Campos, em Recife – PE, e venceu sua primeira partida na Liga de Basquete Feminino (LBF) 2018. O jogo válido pela terceira rodada da competição foi diante da Funvic/Ituano e o placar final ficou 70 x 55 para as meninas comandadas pelo técnico Roberto Dornelas.


A partida teve os dois primeiros quartos bem equilibrados, com as duas equipes praticamente empatadas no placar. A partir do terceiro período, a UNINASSAU tomou a frente do jogo e abriu 10 pontos, aumentando esta diferença na última etapa, conquistando assim a primeira vitória na LBF.


O destaque da equipe pernambucana foi a armadora e cestinha da partida Casanova, com 20 pontos. A ala/armadora Tássia e a pivô Gil também fizeram um bom jogo e junto a Casanova marcaram 58, dos 70 pontos da UNINASSAU. “Essa vitória foi fundamental para nossa equipe. Precisávamos vencer para voltarmos fortes na competição. Tivemos calma, escolhemos bem a bola e conseguimos vencer”, disse Casanova.


O técnico Roberto Dornelas fez questão de parabenizar as atletas pela vitória. “O time começou a se encaixar. O que vimos no jogo foram momentos de lucidez extrema, jogadas desenhadas que aconteceram como trabalhamos”, afirmou. A equipe pernambucana só volta a jogar pela LBF no dia 15 de fevereiro, diante da equipe do Poty/Bax/Catanduva, em São Paulo. 

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Notícias da Europa

Espanha



Érika e Nádia voltaram a se enfrentar em solo espanhol. Dessa vez pela final da Copa da Rainha. Novamente deu Avenida, de Érika, sobre o Girona, de Nádia por 76 a 62.

Érika teve 8 pontos e 5 rebotes em 21', na sua sétima conquista do torneio.

Nádia, 11 pontos e 6 rebotes, em 31'.

O time de Érika está ainda na disputa da EuroLiga. Com uma campanha se seis vitórias e seis derrotas, o clube está no momento fora da zona de classificação do grupo B, faltando apenas dois jogos. Na última rodada, vitória dramática sobre o Fenerbache (65-64) e a pivô foi a cestinha do seu time, com 15 pontos.

O Girona, de Nádia, joga a EuroCopa. Com uma vitória na primeira eliminatória contra o Olympiakos (89-62 no segundo jogo, com 17 pontos da brasileira), o time joga a primeira partida das oitavas amanhã contra o Virtus.

Na Segunda Divisão, apesar das boas atuações de Izabella Sangalli, o BasketMar não emplaca. Com 4 vitórias em 15 jogos, está na décima primeira colocação. Na última partida derrota para o Rioja (86-77), com 21 pontos e 7 rebotes da lateral.

Situação mais confortável vive o Valência de Ramona, na terceira colocação do grupo B, com onze vitórias em 14 jogos. Na vitória sobre o Alcobendas (74-62), Ramona teve 8 pontos e 6 rebotes.

França

O Charleville Mézières, de Clarissa, é o terceiro colocado da Liga, com oito vitórias em 12 jogos.

Na última rodada, o clube passou pelo Montpellier (79-48), com 19 pontos e 8 rebotes da pivô.

O clube também avançou às oitavas da EuroCopa, etapa na qual duelará com o Mersin. Na rodada anterior, o Charleville despachou com facilidade o Artego (84-47), com 16 pontos e 12 rebotes de Clarissa.

Portugal

Em Portugal, o União Sportiva, de Letícia e Raphaella Monteiro esteve na disputa das quartas-de-final da Taça de Porugal. Bateu o Ovarense (68-45) com 14 pontos de Raphaella Monteiro e 9 pontos e 8 rebotes de Letícia.

Pela Liga, o Olivais passou pelo Academico (49-58, com 15 pontos de Tainá.

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

O que quer, o que pode essa Liga?

Enfim começou.

Depois de uma longa espera, a "nova" LBF começou.

São apenas dez dias desde o início da temporada, mas o começo é animador.

A competição conseguiu atrair nove equipes, segunda maior marca desde a temporada de estreia, igualando o número de times do torneio de 2011, e abaixo da marca recorde de dez times, em 2014.

Conseguiu algo inédito: a transmissão de jogos em tv aberta, na rede Gazeta, viabilizou a transmissão dos jogos via web _ outra iniciativa bastante ousada e melhorou bastante a divulgação do torneio nas redes sociais.

Realmente chama a atenção o trabalho comandado por Ricardo Molina na entidade, ainda mais quando se considera o cenário de crise da modalidade no país, agravado pelo fracasso na classificação para o Mundial da categoria e por uma incômoda inércia da nova administração da CBB na gestão do feminino.


Havia uma expectativa em função do aumento de equipes e do êxodo de atletas que o torneio fosse (bem) fraco. Mas até o momento não aconteceu nada que não tenhamos visto nos anos anteriores. 




São ainda poucos jogos realizados, uma das equipes (Blumenau) ainda não estreou e é precipitado qualquer exercício de adivinhação. 

Mas os movimentos iniciais sugerem uma disputa equilibrada, mas polarizada entre duas equipes: o Vera Cruz/Campinas e o Sampaio Basquete.

A equipe campineira dá continuidade ao trabalho de Americana, maior vencedor da LBF, e foi alçada à condição de favorita com a surpreendente contratação de Ariadna. A cubana vem perdendo precisão e explosão nos últimos anos, mas ainda é uma atleta diferenciada no ambiente doméstico. Com a argentina Melissa Gretter, a experiente Babi e as alas Patty e Jeanne, o time tem concentrado seu jogo nesse setor. Nesses primeiros jogos, nota-se uma dose de inibição no bom trio de pivôs (Fabi, Aline e Mônica), um grupo menos acostumado ao protagonismo.



Última equipe a definir o elenco, o Sampaio é uma boa surpresa do começo da temporada. O francês Virgil tinha no currículo como técnico principal uma passagem algo confusa em Americana. Mas contratou com competência e parece ter feito uma escolha acertadíssima com a destemida armadora  americana Briahanna Jackson. Mesmo com elenco reduzido, o treinador tem movimentado bastante as atletas e arrancado atuações sólidas de Joice Coelho e Vitória Marcelino. Comenta-se que o poder de fogo do clube pode subir bastante com a chegada de mais um (misterioso) reforço no próximo mês. Entre os nomes especulados está o de Damiris, que certamente colocaria a equipe maranhense em uma situação privilegiada.

Numa situação um pouco abaixo está a tradicional equipe de Santo André. Vista como potencial favorita às vésperas do início da Liga, o time viu suas expectativas serem reduzidas quando Ariadna desertou. Ainda assim o time tem uma organização correta sob o comando do técnico Bruno Guidorizzi, na melhor tradição "lais-elênica" de arrancar leite de pedra. Uma nova contratação (que no momento parece improvável) pode aumentar a cotação do clube na competição.



Se esses três primeiros clubes tem uma organização tática que favorece o trabalho das jogadoras, os outros dois clubes começaram a competição mal pela mão pesada de seus treinadores.

O Funvic/Ituano conta com um quarto da última seleção olímpica (Kelly, Joice e Palmira). Tem boas revelações (como Maira e Licinara) e boas opções no banco (Aruzha e Milena). No entanto sob o comando do eterno Antônio Carlos Barbosa, os ingredientes ainda não renderam um bom prato. O time jogou suas duas partidas de maneira desorganizada e antiquada e enxerga no horizonte uma dura primeira temporada.

Outro técnico que lida mal com seus ingredientes é Roberto Dornelas, do Uninassau Basquete. Até o momento o que se vê é uma dependência enorme das individualidades de Casanova e Gil, a apatia de Tássia e uma porção de jovens (e talentosas) jogadoras desorientadas. Só vejo chance de salvação, caso uma dessas novas atletas consiga se firmar, repetindo o milagre de Raphaella Monteiro na temporada passada. 



Entre o trio que parece nesse início menos bem acabado, há o xodó da temporada: o São Bernardo/Unip/Brazolin. É um exercício muito agradável ver um amontoado de meninas jovens e ignoradas pelo mercado dando sinais evidentes do que podem. Ontem foi possível assistir uma atuação incrível de Thayná (30 pontos, maior marca da competição até o momento), uma jogadora de 21 anos que no ano passado estava relegada à disputa de uma competição amadora. Acompanhar essas meninas e a euforia do técnico Marcio Bellicieri com a primeira vitória já valeu essa liga. Vida longa ao São Bernardo!

O time de Presidente Venceslau experimenta alguma melhora com a chegada de suas argentinas, mas que me parece insuficiente dentro do cenário de acomodação técnica e física da maioria de seu plantel. 

Por fim, a equipe do Poty/Bax/ Catanduva veio para a batalha com um elenco muito limitado, mas que ainda assim transparece as boas intenções da técnica Fernanda Hartwig. A recuperação da armadora Thaissa pode eventualmente tornar o cenário menos dramático.  

Vale a pena ficar de olho!


quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

No "Clássico do Nordeste", Sampaio Basquete supera Uninassau na LBF 2018


A versão 2018 do Sampaio Basquete vem para brigar. Com uma atuação bastante eficiente e gritos da torcida de que “O campeão voltou”, a equipe maranhense começou a LBF CAIXA com a vitória por 87 a 73 sobre a Uninassau. A ala-pivô Vitória Marcelino foi o principal destaque da partida, vindo do banco para registrar 20 pontos, 6 rebotes e 77% de aproveitamento. A maior pontuadora da partida foi Ineidis Casanova, com 26 pontos, que também adicionou 6 assistências e 3 rebotes.

Após um primeiro período bastante igual, que terminou empatado a 16 pontos, a superioridade das donas da casa apareceu no segundo quarto da partida, quando registrou parcial 31×15. Sampaio também dominou um terceiro quarto acirrado (23×21) e até pode perder o último período (17×21) que a vantagem ainda assim permaneceu.

A equipe maranhense foi bastante eficiente, com 61,7% nos arremessos gerais e 58% da linha dos três pontos. Além da ótima atuação de Vitória, a ala Joice Coelho, que também veio do banco, fez 12 pontos com um perfeito 100% de aproveitamento. A armadora norte-americana Briahanna Jackson, que chegou ontem ao Brasil, já pareceu estar muito a vontade no novo país – contribuiu com 17 pontos e 3 rebotes antes de sair de quadra sentindo dores musculares. Pelo lado do Uninassau, além de Casanova, a ala/pivô Gil se destacou anotando 22 pontos.

Destaque do Sampaio, Vitória Marcelino creditou sua boa atuação à equipe. “Todo mundo marcou bem, atacou, passou as bolas que eu consegui converter. Pra estreia, a gente fez um ótimo trabalho, oscilou poucas vezes. Começar com o pé direito é muito importante, falou a ala-pivô.

“O time, apesar de pouco tempo de treino, fez uma ótima estreia. Jogamos de forma bem coletiva, tanto ofensiva quanto defensivamente. As meninas vão crescer mais ainda. Estou muito feliz com essa estreia. Foi uma grata surpresa.”, disse Virgil Lopez.

Maior pontuadora do jogo, Casanova já pensa no próximo compromisso da equipe. “Sentimos um pouco o primeiro jogo, a estreia, fora de casa e com um time muito renovado. A tendência é que a gente já apresente um desempenho melhor no domingo. Mas esperamos o ginásio cheio para nos ajudar contra o time do Campinas. Será um jogo complicado, mas tenho certeza que a torcida fará a diferença em nosso favor”, disse a cubana.

O próximo compromisso de ambos é no próximo domingo. Sampaio recebe o Funvic/Ituano, ás 11h, enquanto a Uninassau encara o Vera Cruz Campinas ás 18h, ambos com transmissão pela LBF LIVE.

Entrevista - Karina Rodrigues (Pick and Roll)

Entrevista bastante completa com a pivô argentina naturalizada brasileira Karina Rodrigues.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Final de semana das brasileiras no exterior


No final de semana, as brasileiras que jogam no exterior entraram em quadra, com exceção de Clarissa, porque o Campeonato Francês fez um intervalo para dar início ao returno no próximo final de semana e Damiris, ausente das últimas duas rodadas na Liga Coreana. Destaque para o confronto entre Nádia e Erika, o recorde de pontos de Ramona na Espanha e o duplo duplo de Tainá em Portugal, líder em média de assistências da Liga Portuguesa.

Espanha

Primeira Divisão

Star CityLift Girona 61 x 66 Perfumarias Avenidas
Nádia: 19 pontos, 11 rebotes e 21 de eficiência
Érika: 7 pontos e 3 rebotes

Segunda Divisão

Ascensores Tresan 55 x 74 Patatas Hijolusa
Izabella Sangalli: 21 pontos, 6 rebotes, 4 assistências e 23 de eficiência

Valência 70 x 49 Ciudad de los Adelantados
Ramona: 24 pontos (5/9 – 3 pts – 56%), 4 rebotes, 3 recuperações, 3 assistências e 21 de eficiência

Portugal

Rodada 13/01

União Sportiva 72 x 65 Barreiro
Letícia: 16 pontos e 4 rebotes
Raphaella: 12 pontos e 5 rebotes

Quinta dos Lombos 85 x 57 Olivais Coimbra
Rafona: 3 pontos e 1 rebote em 8 minutos
Tainá: 9 pontos e 5 assistências

Rodada 14/01

União Sportiva 71 x 54 Sport Benfica
Raphaella: 16 pontos, 14 rebotes e 25,5 de eficiência
Letícia não jogou

Quinta dos Lombos 56 x 45 CAB Madeira
Rafona: 6 pontos e 3 rebote em 11 minutos

Olivais Coimbra 74 x 54 Algés
Tainá: 19 pontos, 12 assistências e 29,5 de eficiência


Resultados da 1.ª rodada da LBF 2018

Santo André 74 x 51 São Bernardo

Santo André: Silvinha 22 pontos e 5 assistências, Jaqueline 13 pontos, Erika e Domick 12 pontos
São Bernardo: Geovanna 12 pontos e 7 rebotes, Lays 8 pontos e 3 assistências, Thayná 8 pontos, Milena 7 pontos

Catanduva 58 x 63 Presidente Venceslau

Catanduva: Natália 26 pontos e 3 assistências, Ornela Bacchini 13 pontos, Tati Castro 9 pontos
Venceslau: Izabela 15 pontos e 7 rebotes, Augustiva Leiva 13 pontos e 8 rebotes, Karen 13 pontos

Vera Cruz Campinas 80 x 51  Funvic Ituano

Campinas: Gretter 19 pontos e 5 assistências, Ariadna 15 pontos e 8 rebotes, Jeanne 11 pontos, Patty 10 pontos
Ituano: Palmira 12 pontos, Kelly 10 pontos e 6 rebotes, Leide 9 pontos e 4 rebotes, Maira 6 pontos, Joice 6 pontos

Vera Cruz Campinas x Funvic Ituano - Liga de Basquete Feminino (14/01/18...